Covid-19: Empresas que fizeram a diferença e o que podemos aprender com elas

09/06/2020

 

A pandemia do novo Coronavírus causou um verdadeiro “rebuliço” no mundo. E, se você tem acompanhado nossos conteúdos, percebeu que o comércio e a publicidade precisaram mudar. Algumas empresas se perderam no meio do caminho e ainda estão achando a maneira de se posicionar nesse momento. Outras vêm acertando em cheio e promovendo uma comunicação que se destaca. Hoje, separamos alguns exemplos de empresas que mandaram bem e o que podemos aprender com elas. Ficou curioso? Continue conosco!

 

União de operadoras de telefonia

Já vamos começar esse texto falando não apenas de uma, mas de quatro marcas. Logo após anunciarem o isolamento social em diversas regiões do país, a Agência África, em parceria com as agências Havas+, NBS e Talent Marcel fizeram o que parecia impossível: juntaram, em uma única campanha, as quatro principais operadoras de telefonia móvel: Tim, Vivo, Claro e Oi!

A Campanha #FiqueBemFiqueEmCasa contou com materiais veiculados na TV aberta, fechada e peças nas internet/redes sociais. Os benefícios oferecidos pelas quatro empresas foram parecidos também: conteúdo na TV e internet, bônus para celulares e navegação grátis no app Coronavírus SUS. Confira um dos vídeos produzidos pelas marcas. 

A campanha também ganhou uma identidade visual muito bem planejada, com predominância da cor branca, que mantém o equilíbrio entre as marcas e traz a sensação de paz e esperança. Para fortalecer a questão da união, as cores das marcas foram representadas pela hashtag. Essa organização permitiu destacar a iniciativa dentro das redes sociais individuais das empresas.

 

Lição aprendida: Não é o momento de concorrer e, sim, de se aliar para promover iniciativas que fazem a diferença no meio social, criando, assim, um reforço positivo para a imagem da sua marca.

 

Atitude solidária da Ambev

Com bares, restaurantes e lanchonetes fechados, a Ambev percebeu que sua produção precisaria ser reduzida. Então, como manter os empregos dos funcionários em meio à crise e continuar com oportunidades de negócios? A solução foi simples.

A Ambev decidiu interromper completamente a produção de bebidas e outros produtos em sua fábrica em Piraí, no Rio de Janeiro. Mas, calma, em vez de demitir os funcionários, apenas mudou-se o foco: a fábrica passou a produzir etanol e garrafas PET. Para venda? Não, doação! Toda a produção foi entregue gratuitamente aos hospitais de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, locais com um grande número de casos de Coronavírus.

A iniciativa, é claro, foi recebida com bons olhos e gerou mídia espontânea nos principais jornais e revistas do Brasil, entre eles Época, Estadão e Exame. Além desta iniciativa, as redes sociais da empresa também contaram com novos conteúdos, focados na conscientização da população. Até a finalização deste texto, não encontramos dados que demonstram o retorno em vendas dessa atitude, mas a associação positiva com a marca trará bons frutos futuramente.

 

Lição aprendida: Um momento de crise pode se tornar uma oportunidade de negócio. Observe como sua empresa pode ajudar a resolver as dores da sua persona e invista nisso, mesmo que o retorno financeiro não seja imediato.

 

O Boticário e a simplicidade de uma mensagem bem feita

O Boticário é conhecido por investir em campanhas criativas e muito bem feitas, e a maioria das suas peças envolve relações humanas. E essas relações não podem ser representadas sem beijo, abraço, carinho, proximidade. Só que, neste momento, a recomendação é exatamente o contrário. Então, o que fazer?

Várias poderiam ser as soluções tomadas, mas a marca resolveu optar pela simplicidade: reuniu vários takes dos seus comerciais mais famosos e passou uma mensagem poderosa. O VT foi veiculado no comercial do Fantástico, um dos programas de maior audiência da Globo, no dia 22 de março. Acompanhe.

 

Lição aprendida: Às vezes, menos é mais e a mensagem mais simples é a mais eficaz. Bastam alguns ajustes em suas campanhas/peças para sua empresa se posicionar diantes de situações de crise.

 

A iniciativa do Carrefour

Quando a palavra “crise” aparece nos jornais, existe um local que enche instantaneamente: o supermercado. Afinal, comida e produtos de higiene são necessidades. Obviamente, a comunicação dessas empresas é afetada, mas, então, como se comportar nesse momento?

O Carrefour optou por informar. Os tradicionais VTs com ofertas e imagens de pessoas felizes consumindo produtos deram lugar para os comunicados. É isso mesmo! Com a ajuda da Publicis Brasil, a marca lançou alguns filmes publicitários que passam orientações à população sobre como proceder nas compras de supermercado durante a pandemia

E não para por aí: além de informar, o Carrefour congelou os preços de mais de 200 itens da marca própria da empresa. A iniciativa visa ajudar famílias mais necessitadas a continuar consumindo, mesmo nesse momento de incerteza. Confira dois vídeos produzidos pela marca, aqui e aqui.

 

Lição aprendida: Informação e comprometimento são ótimas formas de investir em publicidade durante situações de crises sociais.

 

 

Show de bola, não é mesmo? Quer promover uma comunicação correta em qualquer momento? Marque uma conversa com nosso time! Na Olé Propaganda, temos uma equipe preparada e infraestrutura completa para atender suas necessidades e manter seu negócio crescendo, mesmo durante a pandemia. Acesse nosso site www.olepropaganda.com.br, preencha o cadastro e aguarde o contato da nossa equipe.